Ayahuasca o vinho da alma

  O título faz alusão a um documentário que assiste anos atrás sobre a Ayahuasca. Decide escrever sobre minha experiência com a ayahuasca de novo pois o post que mais recebo comentários até hoje é um post, de mesmo tema, que escrevi tempos atrás. Naquela época eu tinha outra visão sobre tudo, inclusive sobre essa…

Além do caminho – Compostela português 

      Não lembro exatamente como começou minha paixão e fascínio sobre a peregrinagem até Santiago de Compostela, mas lembro que foi mais ou menos quando eu tinha 18 ou 19 anos.Nunca li Paulo Coelho na vida, antes que alguém me pergunte. Criei um pré-conceito (acho) com o pouco que vi sobre ele. A…

Itália vegana

Não tenho muuuuuuito pra falar de Roma já que fiquei apenas quatro dias. Mas, o que dá pra sacar no ato é que: se come o tempo todo rsrs. Do aeroporto Fiumiccino eu peguei um trem que custa 8 euros até a estação Tiburtina, onde o meu coushsurfing tinha me dito pra descer e dali…

30 anos 

30 anos. Há trinta anos eu chegava neste planeta para viver esta vida (particularmente, que eu me lembre, minha melhor vida). Aqui estou, com tanto pra contar que nem sei por onde começar. Prometo resumir. Primeiro só me resta agradecer, por estar aqui e agora. Pela vida ser sempre uma surpresa e me proporcionar a…

Barcelona vegana

Fiquei alguns dias em Barcelona, o suficientes para me apaixonar. Mas não vou ficar falando do quanto estou apaixonada pela cidade, vou focar nos lugares veganos que descobri. Andei por muitas ruas e conheci alguns lugares bem legais, mas como a viagem é economica não comi em todos, mas deixo aqui pra quem quiser provar. Uma das…

A morte lenta da dor

Outro dia vendo um vídeo a moça falou: “o sofrimento é o que nos move”. É bem verdade né?! Parece que nós, antes de vir pra cá, falamos: gente, ooooooi. Vou descer, mas só quero aprender se for na dor, tá?! Nessa busca de estar mais consciente a qualquer estimulo externo e observar o meu…

A escuridão que habita em nós

Os pensamentos ainda andam desorganizados, muitas coisas estão acontecendo muito rápido o tempo todo em minha vida, na vida de várias pessoas e cada vez me dou conta de que o que sou hoje tem total influência das minhas raízes, vou tentar explicar, alinhar. Há algum tempo que tento levar uma vida mais consciente e…

Europa, outro sonho

      Acho que de sonhos, por enquanto estou satisfeita. Quando sai pra rodar a América Latina, meu sonho era conhecer o Salar do Uyuni, depois se tornou Machu Picchu, no caminho foram surgindo outros sonhos que consegui realizar todos. Ah!, não, faltou a Colombia; deixa pra mais tarde. 😛 Como faz tempo que…

Por que não como soja?

A primeira pergunta, quando eu falo que sou vegana, em relação a alimentação é se eu como soja. Mas e a proteína você tira da soja né? Pensei que essa história da soja e da proteína já tivesse sido vencida, mas eis que não. Quando me tornei vegana o que eu mais comia era soja…

Olho de sogra crudi

2016  veio com tudo…chegou chegando e por chegar chegando resolvi estar com ele e desde o natal de 2015 estamos comendo apenas alimentos vivos e crus. Estou me sentindo ótima fiz algumas limpezas de intestino, fígado, olho, tudo o que eu podia limpar sai limpando com maravilhosos jejuns. O mês de janeiro foi todo disso. Nova, comecei novos processos. Pois bem, vou começar alguns post da cruzinha aqui no blog e muita coisa publico na página do face, continuo cozinhando também, mas ainda não senti vontade de comer cozido. Começamos com um docinho que se chama olho de sogra Ingredientes: coco seco (nada de saquinho de mercado) frutas secas hidratadas por 5h na água de coco ameixas sem caroço Modo de preparo Triture o coco com a fruta seca escolhida até virar uma pasta. Faça bolinhas e coloque em cima da ameixa. Pronto, sirva. 😀    

Ama-de-leite

“Se dizia as mulheres que amamentavam crianças alheias quando a mãe era impossibilitada. Geralmente, essa função, era dada as escravas que já tinham tido filhos.” Hoje eu venho falar das fêmeas que são amas-de-leite da humanidade, as vacas, as cabras… As vacas são animais doceis, carinhosas, frágeis, felizes, amáveis e livres. Só que nós, há…

Mesmo assim te digo, viaje

Se eu puder lhe desejar algo é: viaje. Pare de planejar um ‘futuro melhor” e saia atrás dele, onde for. Se permita – em algum momento – fazer o que você realmente quer. Esqueça os parâmetros sociais, econômicos, só saia. Largue “tudo” e vá viver um cadinho. Viaje. Viaje devagar, a seu ritmo. Viaje sem tempo…