Vegan pelo mundo Brasil até Campo Grande – uma enxurrada de gentileza

Acordamos muito cedo e seguimos viagem rumo a Campo Grande.

Tínhamos que sair da cidade (SP). É mais difícil as pessoas darem carona quando você está na cidade, nas estradas é bem mais comum.

Decidimos partir na segunda (27/01) só que acordamos tarde, com tanto carinho e atenção das meninas (Lis, Savana e Monica) decidimos partir na terça (28).

A noite de segunda foi nos presenteada com a visita do Ney e da Tati ambos no mesmo processo de desapego e vivendo o momento presente. Com muita música e conversa fomos dormir para o dia seguinte.

Terça, acordamos super cedo. Saímos antes de todo mundo abrir os olhos. Pegamos o metrô (milhões de pessoas) e depois trem com sentido a Itapevi, de lá pegamos um ônibus para saltar num posto, longe da cidade, na Av. Pres. Castelo Branco. A ideia inicial do Ronny era chegar em Ourinhos (metade do caminho) e passar a noite por lá.

Com uma plaquinha (carona ourinhos) ficamos em frente a saída do posto e em menos de alguns minutos já estávamos sentados no caminhão do seu Amarildo. Conversa vai, conversa vem descobrimos que o bondoso caminhoneiro ía direto para Campo Grande (nosso destina) viva! seguimos para as terras campo-grandenses.

Seu Amarildo é um homem de seus 50 e poucos anos, campo-grandense, trabalha para uma empresa que faz a rota SP-MS apenas. Ele trazia um carregamento de pão para o seu patrão. A fábrica ficava perto da sua casa em Campo Grande, não falava muito, meio tímido e com o coração enormemente lindo.

Na tranquilidade minha de saber que em 12h chegaríamos ao destino final, dormi quase a viagem toda.

O Ronny ficou agilizando onde iríamos dormir traz que chegássemos. Fizemos duas paradas. Roxos de fome, desenrolamos uma quentinha por R$ 7 recheada de legumes e arroz. Devoramos. Voltamos ao caminhão e pé na estrada e eu, dormi de novo.

0h chegamos em Campo Grande, São Paulo não acabava nuncaaaaaa. Seu Amarildo gentil que só ele sabendo que não conhecíamos nada de nada por lá, não teve dúvida: deixou seu caminhão em casa e pegou seu carro pra nos levar até nosso destino. ISSO MESMO.

Nosso destino seria na casa da família do amigo Romulo (amigo do Rio que abriu a porta da sua casa tão gentilmente pra gente passar uns quantos dias até partirmos rumo a Corumba.)

Lá tinha a fofuresa da cadelinha deles. Xônei na hora, ficamos best.❤

Passamos uns 3 dias na casa da família do Romulo. Fomos muito bem tratados pela Raquel, a Gina e pelo Rafael.

No meio desses dias, após muito relatos sobre Bonito, decidimos ir conhecer. No post de amanhã relato pra vocês essa experiência.

“Fica cada vez mais notável a força que temos quando nos unimos. Nem que seja minimamente. Só para fazer o básico, o necessário. As coisas vão acontecendo tão naturalmente que é difícil não enxergar a incrível beleza presente em cada ser humano. Da pra perceber que as pessoas pelo caminho só aumentam e com elas o nosso aprendizado. Gratidão, é esse o sentimento. Gratidão pela vida e por ter percebido a beleza de viver.

“Seja gentil sempre que puder. Sempre é possível.”  

Trecho extraído do blog do Ronny – Não sei de nada não. 

Tem mais fotos na fan page e no meu facebook😀

Alguns Números

Peso:
Mochila da Alê – 14,6 kg
Mochila do Ronny – 11,3 kg

Desembolso:
24/01 – onibus em SP (R$ 6,40) trem em SP (R$ 6,00) macarrao de arroz (R$ 5,00) cogumelo (R$ 3,30) livro Além do Bem e do Mal – Nietzsche (R$ 2,00)
25/01 – azeite extra virgem (R$ 12,95)
25/01 – onibus em SP (R$ 12,00)
28/01 – metro em SP (R$ 6,00) caneta pilot (R$ 3,90) onibus para estrada (R$ 6,40) quentinha na estrada (R$ 7,00)

Total:
2 viajantes
4 dias
1 carona
2 casas que hospedaram
1034 Km
R$ 70,95

Total da Viagem:
2 viajantes
18 dias
14 caronas
6 casas que hospedaram
1715 Km viajados
R$ 187,60

1507418_10151864635856691_2069943377_o

1557288_10151864640586691_2073540169_o

1655469_10151864636471691_1462942077_o

1799061_10151864641761691_221629711_o

20140128_172117

quentinha de posto na beira da estrada

20140129_130600

a famosa gostosura

20140128_092459

andamos de uma ponta a outra

20140128_121859

20140128_172107

Ronny, nossa comida e seu Amarildo❤

Gratidão!!!

1 comentário Adicione o seu

  1. eaberta disse:

    Olá, galera. Eu to querendo fazer o mesmo trecho até Campo Grande. Tava pensando em ir até Osasco e de la tentar carona. Mas esse de vocês parece mais viável. Sabem dizer que ônibus é esse que vai até o posto na Castelo Branco?

    Saravá

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s