Vegan pelo mundo -Bolívia parte 2 Roboré e Santiago de Chiquito

Este post será não terá muitas opções de lugares para comer já que essas duas cidades eram bem precárias de estabelecimentos pra se fazer o mínimo de refeição diária. Porém a conexão espiritual foi intensa. A cada subida, a cada lenda contada pelas nossas guias, a cada árvore e a cada pedra que a gente encontrava no caminho, conectava de uma forma que só vivendo para sentir.

Como fiquei um mês pela Bolívia acabei viajando por lá mesmo. Da outra vez, fiz o caminho do Che e dessa vez fui a cidadezinhas perto de Santa Cruz de La Sierra, quase fronteira com o Brasil.

A primeira cidade que visitamos foi Roboré, foi o nosso ponto de partida. Saímos do terminal Bi-Modal em Santa Cruz em ônibus e 6 horas depois estávamos em Roboré. Você também pode ir de trem, mas aí são 14 horas, algo assim.

Roboré é uma cidade que tem um pouco mais de 15 mil habitantes. Um amigo do meu tio esperava a gente e ficamos hospedados na casa dele. Na verdade passamos apenas dois dias em Roboré, sendo assim não conhecemos muitas coisas.

Essa é uma das partes que são conhecidas como as “chiquitanias” que é a parte que as missões jesuíticas chegaram fortemente. Por isso, tem muitas igrejas bonitas a serem visitadas.

Como ficamos pouco tempo o único lugar que fomos foram as “águas termales”. São águas que emergem da superfície com aproximadamente 40˚C. Dizem que são água medicinais. Nós fomos a noite e sem dúvida são extremamente relaxantes.

Para chegar até águas calientes, que é um município de Roboré você vai precisar de carro, acredito que existam carrinhos, tipo taxi que te leve até lá ou até bus mesmo. Tem que se informar melhor.

Informe-se nas agências de turismo da cidade 974-2276.

Aqui não tive muita dificuldade pra comer pois comi na casa em que estava hospedada, mas a cidade tem vários comércios.

A minha ideia e o meu fogo era ir a Santiago de Chiquito, meu primo tinha me mostrado umas fotos que eu tinha ficado enlouquecida em ir.

Santiago de chiquito fica a uns 22km de Roboré, super perto.

Chegamos lá um no domingo ainda pela manhã. O amigo do meu tio foi nos deixar lá na cidade. A ideia era fazer tudo num dia e voltar a Roboré, mas o lugar era tão lindo que decidimos ficar alguns dias para conhecer mais coisas.

De chegada assistimos a missa numa igreja super fofinha. Descobri que meu pai havia estudado num colégio internato que existia por ali há muito tempo, mas que o colégio já não existia e que onde era ele havia hoje um hotel. Lindo, talvez o único da cidade e coincidência ou não foi o hotel que ficamos. A dona era amiga do amigo do meu tio que nos hospedou de graça😀

De cara conhecemos duas guias fofinhas também. Novinhas, uma de 13 e de 12 anos associadas a associação de guias da cidade. A Esmeralda e Diana, todo mundo conhece elas. Bom, fechamos o pacote com elas e seguimos nossa caminhada.

A cidade é vazia nada aberto, mas pensamos que na volta haveria algo para comprar. Afinal, as pessoas comiam naquela cidade…ou não.

Com a Esmeralda e a Diana e mais minha prima Heiwa percorremos: os miradores del valle de Tucavaca: el mirados chico e el mirador grande, as pinturas rupestres, os arcos e covas e a igreja missional jesuítica que é na cidade mesmo.

O miradores del valle de Tucavaca fizemos nessa mesma manhã e tarde. São mais ou menos umas 4 horas entre ir e descer. Pra mim, foi uma das coisas mais lindas que vi, valeu muito a pena.

No outro dia de manhã logo cedo fomos as pinturas rupestres, os arcos e as covas, tardamos umas 6 horas entre ir e descer.

Comida: foi a parte que senti mais dificuldade. Não conseguimos comer nada no primeiro dia. A cidade não tem nenhum lugar aberto e o que tem não tem nada vegano.

Nossas guias nos mostraram um mercadinho que fica aberto até às 18h no máximo. Lá comprei azeitona e alguns biscoitos veganos, mas nada especial. Após chegarmos do passeio no primeiro dia não tinha nada aberto e nós estávamos morrendo de fome; a sorte que eu tinha levado maçã, nozes e biscoito. Comimos e fomos dormir para passar a fome. Não teve muito jeito. Acordamos umas 22h e saímos para ver se algo existia. Eis que na rua ao lado do hotel tinha um lugar chamado “Pancho Pollo” como o nome diz um lugar que vendia frango, fomos lá.

Ele só abre a noite e o cardápio era frango com arroz e batata frita. O arroz vinha com ovo, saco!!! catei os ovos do arroz e comi duas porções com uma porção de batata frita. O prato saia a algo em torno de uns B$ 11 o que não era nem 2 dolares. Comemos e sentamos na praça. Na cidade, tinha meia dúzia de pessoas.

No outro dia levantamos super cedo, às 7 horas, e começamos o segundo dia de passeio.

Sabíamos que os veículos que nos levavam de volta a Roboré o último era as 13h corremos para chegar nesse horário.

A dona do hotel ligou para o cara do ônibus e ele passou pra nos pegar. O valor do bus é B$ 10 o que equivale a mais ou menos a um dolar e meio algo assim.

Resumão: o lugar é lindo, vale conhecer. Mas, vegans e onívoros levem suas comidas😛

Eu fiz o roteiro baseado nesse site: http://www.boliviaturismo.com.bo/santiago-de-chiquitos.php

Boa viagem!!! :*

IMG_2450

IMG_2454

IMG_2455

IMG_2464

IMG_2466

IMG_2502

IMG_2510

IMG_2521

IMG_2555

IMG_2568

IMG_2576

IMG_2620

esqueci o nome da árvore, mas dela se faz muitos remédios, inclusive para aumentar o apetite sexual. Tipo um viagra natural.

IMG_2622

IMG_2638

o único mercadinho da cidade

IMG_2642

a única comida do lugar

IMG_2675

a cidade

IMG_2676

a cidade

IMG_2677

o hotel

IMG_2679

IMG_2683

IMG_2686

IMG_2714

o arco

IMG_2717

IMG_2731

IMG_2756

IMG_2762

IMG_2785

a cova: vale a pena entrar. Dá medo, mas é super tranquilo

IMG_2786

IMG_2790

Roboré

IMG_2810

IMG_2817

IMG_2833

águas termais.

IMG_2610

nossas guias em Santiago de Chiquito

Qualquer dúvida, escrevam pro La Chica que se eu souber vou ajudar com certeza :*

1 comentário Adicione o seu

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s