Vegan pelo mundo – Bolívia parte 1

Amaaaados… ando com o blog um pouco abandonado, sorry. Tudo anda acontecendo na minha vida nos últimos meses.

Resolvi que queria ser feliz, pedi demissão, vim ficar um pouco com minha mãe no nordeste e acabei fazendo uma outra viagem à Bolívia.

A Bolívia é um país que sempre me encantou. Mais pelas suas conexões astrais que qualquer outra coisa. Morei lá muitos anos da minha vida e todas as vezes que voltei por lá foram poucos dias, dessa vez fiquei um mês e com outra percepção das coisas.

Há mais ou menos 4 anos começou a minha busca espiritual, auto-conhecimento e com as questões animais também, todas ao mesmo tempo, desde então só tinha voltado por lá uma vez.

Dessa vez a experiência foi um pouco diferente, olhei o país com outros olhos, com os olhos do coração. Percebi que existe uma grande nuvem preta que paira – pelo menos Santa Cruz de La Sierra – pela cidade, talvez o país mesmo.

Fui a feiras que vendiam de tudo, desde frutas (que foi o que eu fui comprar) a animais mortos em abundância. Feiras que vendem animais silvestres ao ar livre, feiras que escravizam sua própria gente. Um racismo gritante encravado no coração de cada pessoa que ali cresceu e que ali se criou.

Um churrasco a meia noite de um dia na semana é super comum e qualquer reunião é regada de bebida e churrasco.

A impressão que tive foi que a cidade parou no tempo e ainda vive um estado humano primitivo.

Os meus 30 dias foram na cidade de Santa Cruz de La Sierra, as coisas que aqui relato são dessa cidade.

Tirando toda essa parte espiritual … os dias lá foram de aprendizado e busca por comida rsrs. E para minha surpresa notei também que há uma busca, discreta ainda, por uma alimentação mais saudável. Nos mercados encontrei uma quantidade razoável de coisas que pudesse comer. Há também muitas raízes, sementes, grãos que são originários dos andes..então já sabia que não iria passar muita fome rsrs.

A parte oriente do país (que compreende as regiões de Pando, Beni e Santa Cruz de La Sierra) não tem muita influência Inca por isso talvez essa desconexão com a espiritualidade. As pessoas vivem um estilo americanizado de vida.

Lá consegui encontrar dois restaurantes vegetarianos, mas sei que haviam alguns outros dois. Algo assim. Não conheci. Encontrei também algumas opções de pratos em dois restaurantes dentro de um shopping por lá.

O primeiro conheci com minha tia. Ela me levou no Centro de Prevención y Tratamiento Vegetariano é um restaurante que eu me apaixonei, os donos são uns fofos…pelo que entendi eles são cristãos, não sei que tipo, mas sei que eles não comem carnes e não abrem aos sábados justamente por essa religião deles.

O restaurante é vegetariano. Uma casa grande, onde funciona restaurante e lojinha com vários produtos e remédios naturais. LINDO.

O cardápio são pratos do dia expostos na mesinha onde você faz o pedido. O prato é Bs 25 que dá mais ou menos uns 3,50 dolares no máximo e vem muita coisa. Tem sopa também, pastel de tofú, saladas de frutas que são deliciosos.

IMG_3326

faixada

IMG_3319

são sempre quatro opções de pratos todos os dias

1006031_10151521701221691_386244116_n

segundo dia

IMG_3312

minha escolha: guizado de palmito, arroz integral, banana cozida e salada com maionese vegana.

IMG_3313

IMG_3318

IMG_3320

Endereço: 

O C. P. T. Vegetariano

Calle Quijarro, 115 casi Bolivar.

Tel: 336-0168 – 7669 5945

Segunda a Quinta: 8h às 21h

Sexta: 8h às 17h30

Domingo: 8h às 18h30

A outra opção se chama Cada dia, é um restaurante vegetariano também os donos são chineses. A comida é bem gostosa também, mas tem muitas opções com ovos e leite. É buffet e não é muito caro.

As fotos foram feitas do celular =/

20130815_130827

20130815_130429

998580_10151540921246691_1082718752_n

Endereço:

Calle Francisco de Pilar, 143 ( entre Av. Melchor Pinto y Calle Ballivian)

Tel: 332 9239

No shopping Fidalga também existem dois restaurantes que tem opções veganas: um japonês e um árabe.

Esse shopping fica entre o 3 anillo, esquina com a Av. Banzer.

Haisai: tofú com shoyu e salsinha. O arroz é com ovo.

20130824_133949

20130824_134602

Basha: sanduíche de falafel.

20130823_210415 20130823_210726

Existem duas redes de supermercados espelhados pela cidade toda: Fidalga e Hipermaxi. Nos dois há opções de produtos vegetarianos e veganos e muitos produtos locais em sua maioria de origem vegetal.

Fiz muitas compras nos dois e eles mantém quase o mesmo preço.

1004845_10151521037021691_231374492_n

20130820_205216

581784_560427684003853_1328807944_n

598743_10151550119846691_347211341_n

A maioria das coisas são de soja, procurei saber e ainda não são de soja transgênica, mas pergunte😉

Amanhã tem post de uma outra região que conheci por lá, muito mais conectada espiritualmente.

:*

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s